Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10782/306

Title: A nova gestão pública e a externalização das funções do Estado : as parcerias público-privadas na região centro
Authors: Reis, Alda Maria dos Santos
Fortuna, José António dos Santos
Mariano, Lúcia Margarida Gouveia
Keywords: Parcerias Público-Privadas (PPP)
Região Centro
Externalização
Nova Gestão Pública
Políticas de Coesão
União Europeia
Competitividade
Issue Date: 2010
Abstract: A «Externalização das funções do Estado», um dos paradigmas da nova Gestão Pública, é o processo pelo qual determinada missão, função, atribuição ou competência deixa de ser desenvolvida por um organismo da administração pública para passar a ser desenvolvida por uma entidade terceira. Esta externalização pode ser feita para o sector público empresarial, o sector privado, instituições sem fins lucrativos ou outros organismos fora da administração pública. A externalização pode tomar diversas formas, desde a Empresarialização da função, ao Outsourcing e às Parcerias Público-Privadas, em que o sector privado se responsabiliza no todo ou em parte pelo financiamento, execução e gestão do serviço, cuja remuneração é baseada em padrões de qualidade e ou disponibilidade (níveis de serviço) pré-acordados entre as partes. Neste trabalho, o nosso objectivo principal foi o estudo das Parcerias Público-Privadas (PPP). Interessava-nos conhecer quais as tipologias de modelos de parceria que foram constituídas nos últimos anos e que estão actualmente em curso na Região Centro, incluindo as figuras de parceria constituídas no âmbito do Programa Operacional regional/QREN 2007-2013, e quais as tendências observadas na evolução das PPP, o que desde logo colocou o problema da sua definição. Com efeito, de acordo com o DL 141/2006, que regulamenta as PPP em Portugal, não são consideradas na definição de PPP, as parcerias público privadas que envolvam, cumulativamente, um encargo acumulado actualizado inferior a 10 milhões de euros e um investimento inferior a 25 milhões de euros, condição esta que, para além do longo prazo, excluía todas as figuras de parcerias entre entidades públicas e privadas que têm sido criadas no âmbito do QREN como instrumento de apoio às políticas públicas. Assim, neste trabalho considerámos as PPP na sua definição genérica “arranjos de trabalho baseados no comprometimento mútuo entre organizações do sector público e do sector privado”, distinguindo, no quadro desta definição, dois tipos de PPP: As PPP Contratuais e Institucionalizadas, regulamentadas através do DL nº 141/2006. As PPP “Cross-Sector”, a que apelidámos de PPP “Governativas”, que apenas têm como referência o DL nº 231/81. No quadro deste pressuposto, procurámos, numa primeira parte, contextualizar estes dois tipos de PPP, quer em termos jurídicos (ponto 4), quer no âmbito dos principais Modelos de Gestão Pública (ponto 2) e das Políticas Públicas da União Europeia (ponto 5). Na última parte do trabalho, fizemos o levantamento e análise das PPP em curso na Região Centro, cujos resultados constituem, em nossa opinião, um contributo positivo para uma reflexão mais cuidada sobre as vantagens e inconvenientes das PPP, designadamente ao nível dos seus impactos na sociedade e das suas implicações em termos de gestão pública.
Description: Trabalho realizado no âmbito do Diploma de Especialização em Gestão Pública. Edição de Coimbra 2009/2010, sob a orientação de David Ferraz
URI: http://hdl.handle.net/10782/306
Appears in Collections:A2 - Trabalho académico final

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Licenca de distribuicao.pdf8.14 kBAdobe PDFView/Open
grupo 3 PPP-UE_final.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open
Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 
© 2011 Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas
    Divisão de Biblioteca, Arquivo e Edições
    Repositório de Administração Pública
    Os menus e textos foram escritos ao abrigo do Novo Acordo Ortográfico
ina.pt | Biblioteca / CDE | INA editora | Catálogo Web | Feedback